quinta-feira, 12 de março de 2020

Para a minha companheira de caminhada

Nos últimos anos, Raquel, viajaste por Portugal e pelo mundo, percorreste muitos quilómetros de distância, alguns na tua casinha ambulante, com o teu companheiro de vida.
Conheceste muitos lugares, muitas pessoas, observaste muito à tua volta, aprendeste muito sobre ti e sobre os outros, enquanto lidavas com diferenças que unem e semelhanças que separam.
Eu fiquei nesta minha casa, fixa à terra que é o meu berço e ao país que é a minha paixão. Fiz viagens interiores, de muitos quilómetros de distância. Não viajei horizontalmente, mas verticalmente, para as profundidades do meu coração e as alturas da minha alma. Regressei ao corpo, regressei a mim.

A distância física entre nós e o facto de estarmos em momentos tão diferentes da vida não nos impediu de acompanharmos o percurso uma da outra, às vezes com maior proximidade, às vezes com maior afastamento. Como não nos impediu de partilhamos as nossas dúvidas e alegrias, os nossos desafios e as nossas dores, e de nos apoiarmos, na medida daquilo que cada uma podia dar de si, em cada momento, potenciando a aprendizagem mútua.
Aprendemos a respeitar e apreciar as nossas diferenças e singularidades e a reconhecer a nossa humanidade partilhada, a mesma que está na base desta criatividade pessoal que nos torna únicas e especiais.

Hoje é o teu aniversário e o mundo vive suspenso na incerteza do amanhã. Que encontremos as certezas nos laços que nos unem enquanto humanos, na esperança dos sonhos que teimam em florescer em tempos de crise e na visão de uma vida guiada pela alegria e pelo amor.

Esta é uma foto da última vez que estivemos juntas. Estavas com uma gripe que não pegaste a ninguém. Até ao teu regresso. Que nessa altura, em Portugal, estejamos todos seguros o suficiente para nos voltarmos a reunir presencialmente.

Um longo abraço para ti, Raquel, que, neste momento, tem mesmo de ser virtual... Tem um dia feliz e continua a espalhar sorrisos e a inspirar sonhos!
Gratidão à vida por te ter posto no meu caminho.

Cristina Leite, 12 março 2020


Related Articles

0 comments:

Publicar um comentário

Raquel Ribeiro. Com tecnologia do Blogger.