domingo, 13 de fevereiro de 2011

Buenos Aires, numa visão mais crítica

Olá amigos,
Trago-vos mais notícias. Estas já com uma postura mais crítica da coisa ;)
De facto Buenos Aires é mesmo uma Cidade com mts mts contrastes. Anda-se uns 500m e a realidade pode ser completamente diferente! E sem sairmos da capital federal! No gran Buenos Aires (periferia), onde vivem os Argentinos, então aí é q é uma realidade impensável! É mais ou menos um Brasil mt pobre. Mas mesmo dentro das portas da capital federal existem contrastes gigantescos! N só em termos de riqueza, mas na própria arquitectura das casas, cores, calçadas....
Uma coisa q reparamos é q apenas num dos bairros q visitamos havia contentores do lixo. No coração da cidade e nos outros bairros por onde passamos o lixo é depositado nos passeios e ruas. Depois as pessoas sem abrigo aproveitam esses lixos e materiais de construção q ficam no chão para usar, ou p vender, e aproveitam tb p comer. Eles transportam estes materiais numas carroças feitas por eles, com umas barras, q põem nas costas. Quase parecem aqueles carrinhos de bois. Mas neste caso são eles q carregam.
Dentro da capital federal de Buenos Aires conseguimos ver um bocadinho da Europa (estradas largas, arquitectura mt moderna, jardins mais ou menos cuidados, um parque da cidade, passeios largos e alcatroados), vemos bairros bem latinos (estreitinhos com esgotos, mt artesanato, mta música e arte), vemos Ilhas onde as pessoas moram, e ainda conseguimos ver carros mt antigos e mt recentes a circularem por todas estas realidades.
Hoje estava a comentar com o meu pai q se Buenos Aires fosse só a parte europeia n valeria a pena voar 12h p cá vir. Há partes q quase fazem lembrar Londres. Há até um calçadão tipo R. Santa Catarina p fazer compras e há imensas lojas de marcas internacionais! A roupa nacional é mt barata, mas os produtos internacionais são ao preço de Portugal.
A sensação q dá, e a guia de ontem confirmou-me isso, é q a capital federal é quase uma cidade fantasma e irreal. Poucas pessoas cá vivem. É uma cidade descaracterizada pelos interesses e nacionalidades dos turistas / estudantes q cá passam. Tudo está preparado p o turista! Nem sequer é necessário falar em Espanhol!!! Dou conta às vezes de estar a falar espanhol p os Argentinos e eles respondem-me em Brasileiro... Há mt turismo de Brasileiros, pq fica mesmo aqui ao lado.
A sensação q tenho é q n consegui conhecer nem 1% da cultura Argentina: qual é o dia a dia deles, as dificuldades, etc.
N percebo qual é o interesse de vir p uma cidade q está preparada p nós. Todos falam a nossa língua, dão-nos a nossa comida... Para quê sair de casa?
Mas ainda conseguimos ir aos bairros mais da periferia e ver alguns argentinos "locais" nas suas vidas "normais", o q já foi bastante bom. Em El Calafate e Ushuaia creio q irá ser tb mt turistico, mas a beleza natural vai contar mt mais q a parte cultural, por isso penso q vai satisfazer os meus objectivos :)
N é q n esteja a gostar, mas esta america latina é demasiado europeia e n o é pela sua história, mas sim pelas pessoas q cá passam as férias e deixam dinheiro. Mas felizmente é assim apenas uma parte. Há zonas ainda bem tradicionais :)
Então, ontem fomos ver o espectáculo de tango e foi bastante bonito e espectacular, mas tb bastante turistico ;) Fizemos amizade com 2 irmãs brasileiras q vivem em Mato Grosso. Elas vieram 4 irmãs p cá passar férias, mas as outras duas n foram ao tango por acharem q seria demasiado turistico. Gostava mesmo era de ir a uma milonga num bar ver como eles dançam realmente, mas hoje já n dá, pq daqui a 7h temos q sair do Hotel p o aeroporto. E se fosse perguntar a alguém do Hotel ou se calhar até na rua, dir-me-iam p ir a um café conhecido ver um espectáculo de tango. É mesmo mt difícil chegar aos verdadeiros argentinos...
As brasileiras eram mt simpáticas e uma era assistente social e trabalha com agressores e a outra gere dinheiros públicos. Bem, elas têm uma visão completamente antagónica em relação a projectos sociais! Vê-se bem no q trabalham...
Hoje andamos a pé o dia todo e fomos ver um parque, o rio, e mais um bairro q n conheciamos: o bairro de San Telmo. Gostei bastante, pq é antigo e mantém algumas tradições.
Espero n estar a escerever demasiado ;)

Vou-vos deixar algumas fotos p ter alguma noção dos contrastes existentes.


Beijinhos e bom fds!



Related Articles

0 comments:

Enviar um comentário

Raquel Ribeiro. Com tecnologia do Blogger.