sábado, 19 de fevereiro de 2011

Ushuaia

Olé gente!
 
Dia 7 Ushuaia - Ilha dos pinguins
Fica já de nota q a única agência local q pode entrar e caminhar pela Ilha dos Pinguins é a Pira Tour, isto pq é dona da Ilha ;) As outras agências param o barco em frente à Ilha durante uns 40min, mas n têm autorização p desembarcar. Por isso escolhemos a Pira Tour p fazer esta excursão e marcamos lugar há 1 mês. Esta altura do ano é tipo o nosso Agosto...
Ora bem, enquanto as outras agências fazem este passeio de barco até à Ilha, A Pira Tour faz num mini-bus de 20 lugares, em q se anda 30min de estrada asfaltada e 1h em terra batida cheia de buracos. Bem, vocês n estão a ver o filme... É terra batida com buracos, p causa das chuvas, e passamos p cima dumas pontes em madeira e ferro q aquilo abana tudo! É verdadeiramente radical! Anda-se pelo meio da floresta e estâncias de sky. O caminho é mt bonito!
Vimos imensas árvores caídas e a razão principal é o vento, mas tb existe uma praga de castores q dão cabo da vegetação. A questão é q os castores foram trazidos pelo Homem p a Argentina. Eles n existiam cá... Bem, outra merda q o Ser Humano sabe fazer bem: adulterar a natureza!
1h30 de viagem e chegamos à estância Haberton. Bem, adorei!!! É uma pequena povoação nos quintos, q mantém as características iniciais. É tudo em terra batida e tem umas 5 ou 6 casitas. Lanchamos lá e adorámos! O chá era de erva buena e tinha uns bolinhos maravilhosos, com os vegetais de lá. N sei o q comi, mas era bom pra xuxu! Perguntei e disseram-me q têm uma estalagem onde se pode dormir por mais ou menos 165 pesos, o q equivale a menos de 30 euros por noite. Isto inclui pensão completa (menu vegetariano ou carne de lá) e excursões personalizadas p o cliente na zona, incluindo a ida à Ilha dos Pinguins, q fica a uns 10min de bote.
Esta seria a outra alteração q faria à minha viagem: passaria uma noite neste magnifico e mágico lugar e faria uma breve e natural desintoxicação alimentar :)
 
De seguida apanhamos um bote e 10min depois estávamos na ilha dos Pinguins - Isla de San Martillo, creio.
Esta Ilha é completamente desabitada. É uma Ilha relativamente pequena onde vivem milhares de pinguins! Uau! Foi espectacular e inimaginável ver tantos pinguins ao mesmo tempo!!! Primeiro sentimos o cheiro, depois o som! Eles emitem um som mt esquisito!!! E depois vemos aqueles pinguins todos! A guia estava sp a repreender-nos p causa das emoções da malta. Os primeiros 20min n consegui ouvir uma palavra da explicação dela, pq estava fascinada a ver tantos pinguins ao nosso lado! A diferença entre o passeio de barco e este passeio é q aqui entramos mesmo na Ilha e fazemos uma caminhada de 1h. Estamos a 1m dos animais e a maioria deles está habituado a ver pessoas, p isso n se afastam. Mt pelo contrário!!! Qd entramos na Ilha alguns vieram ter connosco ver o q se passava. Mas n podemos aproximarmo-nos mais q 1m, nem lhes podemos tocar. Eles bicam...
Na verdade, ignorância minha, nunca pensei q os pinguins fossem tão pequenos! As fotos q vemos são normalmente tiradas de baixo p cima e por isso eles parecem bem maiores do q na realidade são. Envio-vos algumas fotos em anexo, tiradas por mim :)
Foi-nos dada uma explicação enorme sobre a vida dos pinguins, q gostaria mt de vos transmitir, mas a excitação era tal q confesso q n interiorizei quase nada... ;(
 
Passamos a tarde no centro de Ushuaia, nas compritas. Ushuaia é uma pequena cidade na Ilha da Terra del fuego. É a cidade mais austral do mundo, pois é a cidade mais próxima do pólo sul. Fomos ao chamado fim do mundo ;)
Gostei da cidade. É pequena e tem um centro mt concentrado, mas n criei grande ligação. N sei bem pq.. Talvez pq vive mt p o turismo, n sei. E talvez pq já estamos há mts dias a viajar e começa-se a ser mais exigente com o q se vê. Dpois de ver o Perito Moreno, axo q tudo nos parece insignificante... ;)
No final deste dia fomos ao supermercado comprar um saco de ração p um gatinho preto q estava na entrada do hotel. Ele deve ter uns 4 ou 5 meses e é mt meiguinho, mas estava bastante magrinho. Vai daí compramos a ração e trouxemo-la. Á noite ele apareceu e estivemos com ele mt tempo :)
No dia seguinte tinham tirado de lá o saco de ração...
  
 
Dia 8 Ushuaia - Tierra del Fuego e Tren fin del mundo
De manhã fomos de autocarro conhecer a Tierra del Fuego e fizemos um passeio no tren del fin del mundo.
Quanto ao tren, achei caro e com um interesse relativo. É uma viagem q quase toda a gente faz por causa do seu interesse histórico: esse comboio era utilizado p levar os presos de uma prisão de alta segurança em Ushuaia p irem cortar lenha ao Parque Nacional. A linha esteve desactivada durante cerca de 50 anos e eles ainda mantêm os comboios originais. É um passeio de menos de 1h e o comboio vai a 10km / hora. É giro, mas custa cerca de 20 euros.
Depois fomos vendo as paisagens pelo Bus, mas n é nada de espectacular. A vegetação é mt diferente de El Clafate, em q é tudo árido e neste Parque Nacional há mta vegetação e é selvagem.
 
No final do dia voltámos p Buenos Aires e agora cá estamos nós. Vamos passear um bocado e às 22h temos q ir p aeroporto.
  
Estamos na recta final....
Beijinhos pra todos e até já ;)






segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Férias na Patagónia - Dia 4 (El Calafate - Glaciar Perito Moreno)

Olá!!!
Entao ca estou eu de volta com mais noticias! E q grandes noticias!
Estou maravilhada, fascinada, boquiaberta com esta potencial maravilha do mundo - o glaciar perito moreno! Pelo q vi na net há um pedido para pertencer às 7 maravilhas do mundo, mas ainda n faz parte.
É absolutamente espectacular! Nem dá p ter ideia pela net da maravilha q é este fenómeno! Agora sim, a viagem comeca a valer a pena ;)
Envio-vos em anexo agumas fotos do fantástico! E mais abaixo escrevo uma breve explicacao de como este fenómeno se forma.
Durante esta noite choveu imenso e de manha estava a chover bastante, mas pelos vistos aqui o tempo é mt imprevisivel. Passado pouco tempo o sol abriu e está um dia lindo, q ainda continua! Alias, acho q passo mais calor aqui em El Calafate do q em Buenos Aires, onde estavam 30C. Os hoteis e restaurantes sao tao quentes, q eu durmo com um lencol e suo imenso ;) Continuo sem perceber bem esta logica, mas ok. Passemos à frente.

Em El Calafate há umas festas de verao a acontecerem neste momento, p isso há musica até às 01h30 da manha. Há imensa gente nas ruas e carros. É uma confusao, embora isto seja uma estancia bem pequenina e mt turistica.
É mt engracado é constatar q os dias aqui sao ENORMES na altura do verao! Só sei q ontem adormeci antes de anoitecer e hj qd acordei já era dia, mas tb esta noite dormimos umas 10h. Estavamos mt cansados, pq o voo p El Calafate foi mt cedo. Mas imagino q anoiteca pelas 22h00 e amanheça antes das 06h. É o verao quase nos pólos ;) No verao é dia durante quase todo o tempo e no inverno é noite quase todo o tempo.
Amanha vamos fazer outra excursao. Esta será pelos restantes glaciares e icebergs. O Perito Moreno é o mais conhecido, mas existem cerca de 350 glaciares nesta zona :)
O Perito Moreno é o mais conhecido pq tem uma particularidade mt interessante: Ele cresce 1,80m por dia numa zona, q faz uma lingua, e cresce 0,60m de cada um dos 2 lados. Ora, esta lingua comeca a formar um grande bocado de gelo na ponta, q com a forca da agua vai abrindo cada vez mais e comeca a ficar inconsistente e de vez em qd (e a última vez foi no final do verao de 2008), este tunel desmorona-se e cai na agua. É um espectaculo belissimo q podem ver no you tube:
Hoje conseguimos ver algumas quedas de gelo, mas esta gruta está agora a formar-se ainda, por isso sao quedas pequeninas.
Agora, pq é q se formam glaciares nesta zona? Esta eu n sabia... É q nem é pela latitude, nem pela altitude. Os glaciares formam-se nos lagos, q ficam a baixa altitude. As montanhas tem alguma neve no topo, mas é mt lá em cima. E o grande lago, q está abaixo do nivel da estrada tem glaciares...
Entao isto deve-se essencialmente às correntes dos ventos q acontecem no planeta. Esta é a zona mais a sul do planeta com terra, ou seja, os ventos trazem humidade (e calor no verao e frio no inverno) e só encontram um obstaculo na Cordilheira do Andes e portanto os ventos esbarram nas montanhas e largam a humidade toda lá e dá-se a condensacao num só local, q forma os glaciares. No fundo toda a humidade q vem nas correntes de vento de todo o planeta concentram-se e formam estes glaciares e como tal as terras de El Calafate sao bastante áridas. Às vezes até se parece um pouco com as ilhas vulcanicas. É bastante seco e tem uma cor amarelada.
Bem, isto é de facto simplesmente fantastico! Vale a pena ver ao vivo...
Beijinhos
Raquel






domingo, 13 de fevereiro de 2011

Buenos Aires, numa visão mais crítica

Olá amigos,
Trago-vos mais notícias. Estas já com uma postura mais crítica da coisa ;)
De facto Buenos Aires é mesmo uma Cidade com mts mts contrastes. Anda-se uns 500m e a realidade pode ser completamente diferente! E sem sairmos da capital federal! No gran Buenos Aires (periferia), onde vivem os Argentinos, então aí é q é uma realidade impensável! É mais ou menos um Brasil mt pobre. Mas mesmo dentro das portas da capital federal existem contrastes gigantescos! N só em termos de riqueza, mas na própria arquitectura das casas, cores, calçadas....
Uma coisa q reparamos é q apenas num dos bairros q visitamos havia contentores do lixo. No coração da cidade e nos outros bairros por onde passamos o lixo é depositado nos passeios e ruas. Depois as pessoas sem abrigo aproveitam esses lixos e materiais de construção q ficam no chão para usar, ou p vender, e aproveitam tb p comer. Eles transportam estes materiais numas carroças feitas por eles, com umas barras, q põem nas costas. Quase parecem aqueles carrinhos de bois. Mas neste caso são eles q carregam.
Dentro da capital federal de Buenos Aires conseguimos ver um bocadinho da Europa (estradas largas, arquitectura mt moderna, jardins mais ou menos cuidados, um parque da cidade, passeios largos e alcatroados), vemos bairros bem latinos (estreitinhos com esgotos, mt artesanato, mta música e arte), vemos Ilhas onde as pessoas moram, e ainda conseguimos ver carros mt antigos e mt recentes a circularem por todas estas realidades.
Hoje estava a comentar com o meu pai q se Buenos Aires fosse só a parte europeia n valeria a pena voar 12h p cá vir. Há partes q quase fazem lembrar Londres. Há até um calçadão tipo R. Santa Catarina p fazer compras e há imensas lojas de marcas internacionais! A roupa nacional é mt barata, mas os produtos internacionais são ao preço de Portugal.
A sensação q dá, e a guia de ontem confirmou-me isso, é q a capital federal é quase uma cidade fantasma e irreal. Poucas pessoas cá vivem. É uma cidade descaracterizada pelos interesses e nacionalidades dos turistas / estudantes q cá passam. Tudo está preparado p o turista! Nem sequer é necessário falar em Espanhol!!! Dou conta às vezes de estar a falar espanhol p os Argentinos e eles respondem-me em Brasileiro... Há mt turismo de Brasileiros, pq fica mesmo aqui ao lado.
A sensação q tenho é q n consegui conhecer nem 1% da cultura Argentina: qual é o dia a dia deles, as dificuldades, etc.
N percebo qual é o interesse de vir p uma cidade q está preparada p nós. Todos falam a nossa língua, dão-nos a nossa comida... Para quê sair de casa?
Mas ainda conseguimos ir aos bairros mais da periferia e ver alguns argentinos "locais" nas suas vidas "normais", o q já foi bastante bom. Em El Calafate e Ushuaia creio q irá ser tb mt turistico, mas a beleza natural vai contar mt mais q a parte cultural, por isso penso q vai satisfazer os meus objectivos :)
N é q n esteja a gostar, mas esta america latina é demasiado europeia e n o é pela sua história, mas sim pelas pessoas q cá passam as férias e deixam dinheiro. Mas felizmente é assim apenas uma parte. Há zonas ainda bem tradicionais :)
Então, ontem fomos ver o espectáculo de tango e foi bastante bonito e espectacular, mas tb bastante turistico ;) Fizemos amizade com 2 irmãs brasileiras q vivem em Mato Grosso. Elas vieram 4 irmãs p cá passar férias, mas as outras duas n foram ao tango por acharem q seria demasiado turistico. Gostava mesmo era de ir a uma milonga num bar ver como eles dançam realmente, mas hoje já n dá, pq daqui a 7h temos q sair do Hotel p o aeroporto. E se fosse perguntar a alguém do Hotel ou se calhar até na rua, dir-me-iam p ir a um café conhecido ver um espectáculo de tango. É mesmo mt difícil chegar aos verdadeiros argentinos...
As brasileiras eram mt simpáticas e uma era assistente social e trabalha com agressores e a outra gere dinheiros públicos. Bem, elas têm uma visão completamente antagónica em relação a projectos sociais! Vê-se bem no q trabalham...
Hoje andamos a pé o dia todo e fomos ver um parque, o rio, e mais um bairro q n conheciamos: o bairro de San Telmo. Gostei bastante, pq é antigo e mantém algumas tradições.
Espero n estar a escerever demasiado ;)

Vou-vos deixar algumas fotos p ter alguma noção dos contrastes existentes.


Beijinhos e bom fds!



sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Buenos Aires

Olé pessoal!!!!!
Cá estou eu a hablar de Buenos Aires!!!!
Então as novidades ainda n são mtas, mas já temos as primeiras impressões cá do sitio, eheh!

Ontem chegamos a Madrid pelas 19h00 e fomos até ao centro jantar e passear. É impressionante a vida nocturna e diurna desta cidade, apesar do frio q faz nesta altura do ano.
Às 24h00 partimos com destino a Buenos Aires, num voo de 12h30. O tempo até passou bem, pq ficámos nuns bons lugares, com espaço para as pernas, (junto à saida de emergência) e conseguimos dormir.

Hoje chegamos a Buenos Aires pelas 09h00 locais, mas demoramos imenso a sair do aeroporto, pq há controlo de passaportes e bagagens à saída e o avião levava mais de 300 pessoas. E estava completamente cheio!!!
A Abreu trouxe-nos ao Hotel e só cá chegamos já eram 12h00. Ás 14h00 fomos fazer o city tour até agora. Ficamos com uma noção de Buenos Aires, a cidade sul americana mais europeia! Ainda assim, carregada de contrastes!!!
De início, na periferia, vê-se mt lixo nas ruas e faz lembrar o Brasil. No centro da cidade, na zona mais rica, já se parece uma cidade completamente diferente, com casarões, parques e lagos.
No coração do centro, onde estamos alojados, existe uma Avenida de 143m de largura, com 12 faixas de rodagem para cada lado! Há imensos carros e tráfego!
Visitamos os principais bairros e estivemos desde o bairro recoleta, onde o custo por m2 pode atingir os 3.000 USD, q é a zona mais cara da cidade. Mas tb fomos ao bairro la boca, q se parece com a parte mais pobre de Cuba. As pessoas dançam o tango em bares e nas ruas, sempre na expectativa de receberem dinheiro. As ruas cheiram a esgotos, mas foi o sítio q mais gostei! É tudo mt pitoresco, de origem italiana, dizem eles.
Neste momento estamos no Hotel a descansar, q daqui a 1h30 vamos assistir a um espectáculo de tango num cabaret.
Este dia está a ser mt longo, mas temos q aproveitar, pq só vamos estar em Buenos Aires até amanhã à noite. Ás 04h30 da madrugada de domingo já vamos p o aeroporto para apanhar o avião p El Calafate.
Amanhã iremos aproveitar a fazer uma longa caminhada p conhecer melhor as zonas q mais gostamos da visita q fizemos hoje no city tour.
NOTA: Em Buenos Aires são menos 3h q em Portugal.
Qd pudermos enviaremos mais notícias!
Beijinhos!!!!
Raquel

Bairro San telmo

Avenida 9 de Julho

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Viagem à Patagónia

Chegou o tão desejado momento! O envio do e-mail a dizer-vos q vou de férias, q me proporciona sonhar com a viagem, sem gastar um tostão e sem gastar dias de férias :)
Pois é, já me sinto de férias e ainda estou a trabalhar, eheh!
Então, amanhã irei partir para Madrid e depois Buenos Aires e domingo irei para o Sul, ver os glaciares e pinguins da famosa Patagónia :)
Chego dia 20, desta super viagem!
Vou-vos dando notícias por mail e fotos, se conseguir :)
Beijões para todos e até ao meu regresso ;)
Raquel Ribeiro. Com tecnologia do Blogger.