quinta-feira, 23 de março de 2017

Melaria da Fazenda do Gigante


In this video Ricardo Marques, from Melaria da Fazenda do Gigante tells us how he moved from the city of Porto to the countryside and how his beekeeping project was born in the Tomar area. What were the challenges and what dreams have for the future.

Ricardo started this project with more people, requested financing from PRODER. He talks about the challenges of organic beekeeping and is in the process of certification.

This melaria is off the grid, it is self-sufficient in energy, with a photovoltaic system of 12 panels, 5,000w.
It also built a system that allows to engage honey by gravity, thus saving more resources.

Ricardo uses this magnificent product to make mead and honey cakes, he likes to add more value to the products. He says there are conditions and space for more people to use this melaria even as industrial kitchen and he liked that more projects added value to these products. He also has the idea of planting another orchard, to transform a series of products like pears, pumpkins, making jams and sweets.

To know more about the Melaria of Fazenda do Gigante in Tomar, please follow the website:


Tell us about what kind of people, projects and questions you would like to see answered are very welcome! Share your ideas with us on our facebook: www.facebook.com/exploringsustainableworlds/


Eco-hugs and see you in the next sustainable journey ;)

Raquel & Daniel



 --- Versão Portuguesa ---

Bem-vindos a mais uma viagem de exploração por mundos sustentáveis!

Neste vídeo o Ricardo Marques, da Melaria da Fazenda do Gigante, dá-nos a conhecer como transitou da cidade do Porto para o campo e como nasceu este projeto de apicultura na zona de Tomar. Quais foram os seus desafios e que sonhos tem para o futuro.

O Ricardo iniciou este projeto com mais pessoas, com pedido de financiamento ao PRODER. Fala sobre os desafios da apicultura biológica e está em processo de certificação.

Esta melaria é off the grid, ou seja, é auto-suficiente em matéria de energia, com um sistema fotovoltaico de 12 paineis, 5.000w.
Construiu ainda um sistema que lhe permite enfrascar o mel por gravidade, poupando assim mais recursos.

O Ricardo aproveita este magnífico produto para fazer hidromel e bolinhos de mel, mas gostava de processar e valorizar mais produtos. Ele refere haver condições e espaço para mais pessoas utilizarem esta melaria até como cozinha industrial e gostava que mais projetos acrescentassem valor a estes produtos. Tem ainda a ideia de plantar outro pomar, para transformar uma série de produtos como peras, abóboras, fazendo compotas e doces.

Para saber mais sobre a Melaria da Fazenda do Gigante, em Tomar, por favor seguir o site: 


Dicas sobre que tipo de pessoas / projetos e perguntas gostavam de ver respondias são muito bem-vindas! Partilhem as vossas ideias connosco na nossa página de facebook: www.facebook.com/exploringsustainableworlds/

Beijinhos e eco-abracinhos e até à próxima jornada sustentável ;)

Raquel & Daniel

Related Articles

0 comments:

Enviar um comentário

Raquel Ribeiro. Com tecnologia do Blogger.