quarta-feira, 27 de novembro de 2013

DIA 21 - Quito a Bogotá


QUITO, UMA CIDADE BONITA



Praça Centro Histórico de Quito
Bem, logo de manhã fui visitar a parte histórica da cidade de Quito com a minha colega de quarto: a Chelsea. Ela é australiana e farmacêutica, mas despediu-se do trabalho para fazer esta viagem à América do Sul :-)
Ela diz que o Equador é o país com nível de vida mais barato da América do Sul e é bem capaz de ser verdade! É uma verdadeira maravilha :-) É pena é Quito ser tão fresco ao início da manhã e fim da tarde. É que esta altura do ano não é a mais quente.. E a humidade torna muito difícil suportar as temperaturas altas e baixas...
Mas achei muito bonito o centro da cidade. Mais bonito que a parte histórica de Bogotá e mais solarengo também ;-)



Praça Centro Histórico de Quito


Catedral Centro Histórico de Quito



Raquel e Chelsea na Torre da Catedral

















Torre da Catedral


De tarde vim novamente para o aeroporto, mas desta vez vim de táxi para aproveitar mais tempo na cidade. O táxi demora 1h, porque são 50km e aqui não há Sócrates para fazer as melhores autoestradas no país mais pobre da Europa ;-)
A viagem foi super! Vim com um taxista que queria aprender a falar Inglês :-) ele tem 2 filhos, um de 15 anos e que gosta de rap e uma rapariga mais velha, que está a estudar arquitetura e que está a aprender português para ir fazer uma pós-graduação no brasil. Sentia-se a léguas o orgulho do pai pelos filhos! E a conversa começou porque eu gostei muito do CD de música que estávamos a ouvir e era da filha dele. Ele disse que a filha lhe dava esta música para ele aprender a ouvir boa música :-)
É bom ver um pai tão orgulhoso e a querer acompanhar a evolução dos filhos e a querer falar inglês, etc.
Foi mesmo uma viagem muito agradável! 


O que se sente é que a amabilidade e simpatia é algo muito inerente à cultura da América do Sul. E aqui, ao contrário de muitos países onde já fui, as pessoas são simpáticas sem esperar nada em troca.
O povo parece ser ainda muito genuíno, com pouca influência do turismo.
O segundo avião atrasou 2h e já cheguei a casa do Tiago, em Bogotá, pelas 23h.
O Tiago é um português muito simpático ;-) que foi viver para a Colômbia há cerca de 2meses e fez o favor de me albergar na casa dele na última noite da minha estadia.

Related Articles

0 comments:

Enviar um comentário

Raquel Ribeiro. Com tecnologia do Blogger.